COMO FAZEMOS

Nossos móveis são produzidos em alumínio com pintura eletrostática, corda náutica, fibra sintética e madeira cumaru, e podem ficar expostos às mais diversas variações climáticas. Esses materiais e processos estão alinhados às questões ambientais, uma vez que proporcionam baixo impacto. Além de facilmente recicláveis, apresentam grande durabilidade.

icone-pintura
PINTURA ELETROSTÁTICA

Também conhecida como lacagem, a pintura eletrostática é um processo de revestimento a base de polímero termo-endurecível, que tem por característica a alta aderência, e que garante a flexibilidade da peça sem comprometimento da pintura. Apresenta economia de aproximadamente 50% de tinta, tempo de aplicação 45% menor do que tintas convencionais e até 90% menos tempo de cura.

icone-aluminio
ALUMÍNIO

Leve, macio e resistente, o alumínio traz uma série de vantagens em relação ao aço. A pricipal delas, a ductilidade (flexibilidade), o torna o preferido para centenas de aplicações, que vão desde a indústria moveleira à indústria aero espacial. O alumínio é atóxico, tem excelente resistência à corrosão e apresenta grande durabilidade, além de ser facilmente reciclado.

icone-corda
CORDA NÁUTICA

Durável, versátil, esteticamente elegante, resistente a intempéries e até manchas, a corda náutica é muito maleável, e encontra diversas aplicações na área moveleira. Pode receber inúmeras opções de tingimento, são fáceis de limpar e proporcionam acabamento impecável para peças tanto de área externa quanto interna. Conheça nossos produtos em corda náutica visitando nosso catálogo.

icone-fibra
FIBRA SINTÉTICA

A exemplo da corda náutica, a fibra sintética também apresenta características como durabilidade, grande resistência às variações climáticas, é fácil de limpar e não apresenta descoloramento. As fibras sintéticas também permitem uma imensa variedade de tramas e possibilidades de cor, o que traz grande versatilidade de aplicações, proporcionando personalidade para ambientes externos e também internos.

icone-madeira
MADEIRA CUMARU

Encontrada em regiões dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará e Rondônia, a madeira cumaru tem grande resistência ao ataque de fungos e cupins. Apresenta alta durabilidade e é considerada de alta qualidade pela indústria moveleira, que a utiliza em partes decorativas de móveis. Tem excelente acabamento em torneamento e aceita polimento, pintura, verniz e lustre.